ESTATUTO APM - CAPÍTULO I

ART. 1º  -    A Associação de Pais e Mestres do Colégio Marista São José, fundada em 19 de junho de 1960, é registrada sob o número 7.799 , no Livro A , nº 5, do Cartório do Registro Civil das Pessoas Jurídicas , em 19 de agosto de 1960, reger-se-á em todas suas atividades, pelos presentes Estatutos e terá prazo de duração ilimitado.

ART. 2º  -    Constitui finalidade precípua da Associação promover o mais amplo congraçamento da família e seus associados e a mais íntima aproximação entre Pais e Mestres dos Alunos do Colégio Marista São José, visando o aprimoramento da formação religiosa, moral, cívica e cultural dos educandos.

§  1º  -    Funcionará a Associação de Pais e Mestres como elemento propulsor das atividades educativas do Colégio servindo como órgão cooperador da Diretoria e do Corpo Docente, em tudo que diga respeito à expansão e ao aprimoramento do referido Educandário, efetivando, de modo constante, a aproximação de pais e mestres, de sorte a obter rendimento cada vez maior no trabalho educativo da Escola.

§  2º  -    A Associação de Pais e Mestres constitui-se como Organismo permanente de defesa dos ideais da Educação Católica, propugnando pelo fortalecimento das tradições que robustecem a atividade educativa do Colégio, mantendo, por isso, estreito contato com a Associação de Antigos Alunos do Colégio Marista São José, com a qual funcionará em perfeita harmonia.

ART. 3º  -    A Associação de Pais e Mestres atenderá a seus objetivos:

1 -    No Setor Familiar:

a)    Promovendo a união das famílias dos alunos, para que possam estudar em conjunto seus problemas e trocar sugestões;
b)    Despertando uma consciência mais viva sobre a vida cristã e familiar no lar;
c)    Estudando meios de conservar os valores cristãos da família brasileira.

2 -    No Setor Educacional:

a)    Promovendo conferências ou círculos de estudos sobre assuntos sociais, pedagógicos, cívicos, morais ou científicos;
b)    Criando bolsas de estudos, a critério da Diretoria;
c)    Formando uma Biblioteca;
d)    Colaborando na redação, difusão e divulgação de publicações úteis aos fins educativos.

3 -    No Setor Social:

a)    Mantendo um Departamento de Promoção Social, administrado por Diretor indicado pela Diretoria do Colégio, que funcionará em estreita colaboração com a assistência social dispensada pelo Colégio ou por órgão a ele vinculado;
b)    Concitando os pais a que estabeleçam contato entre os colegas de seus filhos, a fim de desenvolver-se desde cedo, o sentimento de sociedade humana;
c)    Combatendo os problemas sociais que destroem o lar e desenvolvendo meios de proporcionar a seus filhos distrações sadias, dentro de casa ou em grupos escolhidos;
d)    Iniciando os educandos na promoção da classe desamparada.

4 -    No Setor Moral:

a)    Secundando em casa a ação dos mestres com o exemplo e a vigilância;
b)    Organizando festas cívico-religiosas que reunam pais e mestres.